Primeiro livro de batismos protestante do Brasil foi aberto no Mar do Norte

elhers

Filho de um sacristão, o pastor Johann Georg Ehlers nasceu em 22 de agosto de 1779, em Lüdersen, no reino de Hannover. Tinha pouco mais de 45 anos e já era viúvo de Maria M. Tiedmann quando desembarcou no Rio de Janeiro, contratado que fora para servir de “cura de almas” dos colonos alemães. Ehlers se tornou o primeiro pastor protestante a chegar ao Sul do Brasil.

Ehlers embarcou no Germania em junho, onde deu início ao primeiro livro eclesiástico protestante do Brasil, o livro de São Leopoldo/RS. Em 1º de junho ele batizou Friederich Germanicus, filho de Daniel N. Bendixen e Maria Rosina Kayser, nascido em “18 de maio, às 10 1/2 horas da manhã, junto a Glückstadt, sobre o Elba”. Ehlers anotou até mesmo a localização: no “Mar do Norte, a 54º 13’ de latitude e 5º 16′ de longitude de Greenwich“.  

O pastor Karl L. Sauerbronn, de Nova Friburgo/RJ, o primeiro pastor protestante do país, deu início ao seu livro somente 5 dias mais tarde, em 6 de junho de 1824, quando batizou Franz, filho de Heinrich Class e Catharina Schrott, nascido em 2 de junho.

sao-leopoldo-1824

O pastor Johann Georg Ehlers chegou a São Leopoldo viúvo e com os filhos em 6 de novembro de 1824. Permaneceu como pastor em São Leopoldo até o ano de 1845 quando se transferiu para o Rio de Janeiro, onde se converteu ao catolicismo.

Por Rodrigo Trespach – www.rodrigotrespach.com

Curta e compartilhe com amigos e interessados. Obrigado!